Amazon e suas vendas de bonecas pornô

Comissária para a Infância do Reino Unido fez alguns comentários de críticas ao maior portal de comércio online por comercialização de bonecas pornô ‘nojentas’ em seu site e cobra explicação; loja online diz que produtos mencionados ‘não estão mais disponíveis’.

Confira toda matéria no G1.